Pet Maniia
Clique nos itens abaixo para navegar no nosso site e nas categorias Cães, thirthGatos e thirth Petlovers para conhecer nossos produtos!
Quem Somos

Perguntas Frequentes
Primeiramente, pense na oportunidade de cuidar, ajudar e na possibilidade de adotá-lo. Caso não possa, com um pouco de boa vontade e paciência (hoje através das redes sociais fica mais fácil) ele poderá conseguir um lar com uma adoção responsável ou ainda a possibilidade de mantê-lo como cão ou gato comunitário!

São animais que permanecem nas ruas, porém tem um ou mais cuidadores voluntários de uma rua, praça, condomínio ou qualquer estabelecimento como: empresas, escolas, postos de combustíveis, etc. que trazem alimento, água, abrigo, castram e dão muito carinho para esse animal. Hoje essa prática é muito comum em vários países em especial no Brasil, muitas cidades aderiram a essa prática ao longo dos anos, por pessoas que tem compaixão pelos animais abandonados de rua.

Muitas vezes o animal é mais feliz livre nas ruas, com a liberdade de ir e vir, do que preso ou amarrado em correntes, sem os cuidados básicos como água, comida, e abrigo pelos seus donos, infelizmente ainda é muito comum nos dias de hoje, considerado maus-tratos, por isso a importância da denúncia.

Cães e gatos Comunitários podem viver muito bem e por muito tempo, sempre serão fieis e protegerão o local que os abrigou.

Finalmente sempre é bom lembrar que os animais de rua não caem do céu e nem brotam das sarjetas: um dia tiveram uma casa e foram abandonados, fugiram ou se perderam. Por isso a castração é tão importante para evitar essa situação. Optar pela adoção ao invés de comprar seu cão ou gato, para não incentivar o comércio de animais, também é uma forma de ajudar

E a próxima vez que encontrar aquele animal perambulando pela rua, não fique só sonhando: ponha em prática a ajuda que seu coração quer dar.

Histórias emocionantes com cães e gatos comunitários:

O mais famoso caso de Cão Comunitário, foi o Hachi no Japão, teve sua história que emocionou o mundo contada no filme “Sempre ao Seu Lado”, onde após a morte do seu dono o cão continua esperando por ele na mesma estação de trem, e é cuidado por funcionários e passageiros até a sua morte.

Filme Sempre ao seu Lado

Na cidade de Santa Maria-RS, a prática do cão ou gato comunitário é muito comum, lojistas e moradores mantém seus cães e gatos comunitários castrados, com potes de agua e ração em pontos fixos, no inverno eles Recebeu uma linda homenagem como um pedestal com uma placa eternizando a sua lembrança, na Praça dos Bombeiros! E uma escultura lapidada em pedra bruta, pelo maravilhoso escultor Rogério Bertoldo, proprietário do famoso Jardim das esculturas!

O cão comunitário amigo

Matéria disponivel em:
http://diariodesantamaria.clicrbs.com.br/rs/geral-policia/noticia/2014/08/morre-o-cao-amigo-um-dos-caes-comunitarios-mais-antigos-de-santa-maria-4567543.html
http://diariodesantamaria.clicrbs.com.br/rs/geral-policia/noticia/2015/05/cao-amigo-recebe-homenagem-em-santa-maria-4767348.html

Clique aqui para ver mais exemplos
http://procurasecachorro.uol.com.br/blog/2014/07/23/posto-de-gasolina-em-porto-alegre-acolhe-animais-de-rua-durante-o-frio/
http://catlovers.com.br/miau-tomas-o-gato-comunitario-oficial-da-escola/
http://www.jornalnh.com.br/_conteudo/2015/04/blogs/estilo_de_vida/animalescas/146613-em-torres-projeto-alimente-um-cao-comunitario.html

Milhões de animais vivem hoje abandonados nas ruas, sujeitos a todos os tipos de infortúnios, incluindo atropelamentos sem socorro. Para voluntários e até mesmo ONGS é impossível resolver este problema e salvar a todos, infelizmente!.

O primeiro passo ao encontrar um animal nesta situação é retirá-lo do local de risco, como o meio da rua, por exemplo. Devido à dor, eles podem eventualmente tornarem-se agressivos, não por maldade, mas Pela dor e medo. Aproxime-se do animal com cautela, mostre a ele que está ali para ajudá-lo e somente quando ganhar sua confiança tente removê-lo. O ideal seria chamar o atendimento veterinário imediatamente para a locomoção. Caso não seja possível encaminhe-o a uma clínica veterinária o mais rápido possível. Durante o tratamento, comece a procurar por um adotante, caso não possa ficar com ele, postando fotos nas redes sociais e contando sua a história. Também faça campanha, caso não tenha condições para pagar as despesas, com certeza os amigos irão ajudar, com essas atitudes você terá salvo uma vida. Não é fácil, precisa ter atitude e não passar o problema para frente. No final é muito compensador e vale a pena, pois essa vida dependeu de você!

Você pode não salvar o mundo... mas o mundo desse animal você salvou!

  1. Investigue

    Antes de qualquer atitude, certifique-se de que se trata de um caso de maus tratos (conheça as leis em vigor, abaixo). Colha evidências, testemunhos que comprovem a situação, não tenha medo de denunciar! Sempre que possível, procure conversar com o agressor, salientando que os animais são protegidos por leis. Aja de maneira educada, mas objetiva. Tenha em mente que a finalidade é o bem estar do animal.

    Leis

    - Lei Federal Nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, a "Lei dos Crimes Ambientais".

    - Decreto Lei Nº 24.645, de 10 de julho de 1934, define maus-tratos aos animais.

  2. Denuncie

    Pela Constituição de 1998, os animais são tutelados pelo Estado, ao qual cabe a função de protegê-los. Os atos de abuso e de maus tratos configuram crime ambiental e devem ser comunicados à polícia, que registrará a ocorrência, instaurando inquérito.

    A autoridade policial está obrigada a proceder a investigação de fatos que, em tese, configuram crime ambiental.

    Como denunciar:

    Toda pessoa que testemunhe atentados contra animais pode e deve comparecer à delegacia mais próxima e lavrar um Termo Circunstanciado (TC), espécie de Boletim de Ocorrência (BO), citando o artigo 32 da Lei Federal de Crimes Ambientais 9.605/98, "Praticar ato de abuso e maus tratos a animais domésticos ou domesticados, silvestres, nativos ou exóticos”.

    Caso haja recusa do delegado, cite o artigo 319 do Código Penal, que prevê crime de prevaricação: receber notícia de crime e recusar-se a cumpri-la.

    Santana do livramento

    1. Ligue para o pelotão ambiental: 3242-4736, repasse a situação solicitando a adoção das providencias necessárias.
    2. Caso não consiga contato ligue para o 190 e informe a situação solicitando providencias necessárias.
    3. Anote o dia e horário de sua ligação e o nome do servidor que lhe atendeu.
    4. Concomitante, repasse esses dados para a Aspa, para que a instituição possa fazer o acompanhamento desses casos.
    5. Acompanhe a evolução do caso e mantenha a Aspa informada.

    Santa Maria

    Ligue para a Patrulha Ambiental

    Telefone: (55) 3221-7372

    E-mail: 2babm@brigadamilitar.rs.gov.br

    Se houver demora ou omissão, entre em contato com o Ministério Público Estadual - Procuradoria de Meio Ambiente e Minorias. Envie uma carta registrada descrevendo a situação do animal, o Distrito Policial e o nome do delegado que o atendeu. Você também pode enviar fax ou ir pessoalmente ao MP. Não é necessário advogado!

    Caso o agressor seja indiciado, ele perderá a condição de réu primário, isto é, terá sua "ficha suja". O atestado de antecedentes criminais também é usado como documento para ingresso em cargo público e empresas, que exigem saber do passado do interessado na vaga, poderão recusar o candidato à vaga, na evidência de um ato criminoso.

Entre em contato


Fale Conosco

E-mail: petmaniia@yahoo.com

thirth Whatsapp: (55)91254580

Instagram: Petmaniia





Copyright © 2016 - 2020 Todos os direitos reservados. Design by Video Arte.

pagseguro


Correios